Como obter dinheiro extra para pagar a prestação de IMI sem grandes esforços financeiros?

Pagar a prestação do IMI nem sempre é uma tarefa fácil, sobretudo quando tivermos que pagar várias dívidas mensais. O dinheiro não estica e por este motivo, é importante que comece à procura de soluções, que o ajudem, sobretudo, a não ficar em dívida para com o município.

A pensar nas suas principais dificuldades iremos, ao longo deste artigo, explicar-lhe o que é o IMI e como poderá obter dinheiro extra para pagar esta taxa.

Perceba que este pagamento é de facto muito importante, e, caso não o pague poderá, na pior das hipóteses, ficar sem a sua casa. Saiba a seguir o que é o imposto do IMI e garanta já a salvaguarda da sua habitação.

Consolidação de Créditos como uma opção para pagar o IMI

O IMI é um imposto que precisa ser pago a cada ano. Em muitos casos, poderá ser preciso buscar apoios financeiros para conseguir dinheiro extra para pagar o Imposto Municipal sobre Imóveis. Neste artigo explicamos como usar a consolidação de créditos para fazer frente a este desafio.

Qual é o significado de IMI?

  • Conceito de IMI: O IMI ou Imposto Municipal sobre Imóveis incide sobre o valor patrimonial (VPT) de prédios e rústicos situados em Portugal.

O IMI é o resultado de um contributo realizado pelos donos de prédios ou habitações às câmaras municipais até ao dia 31 de Dezembro de cada ano. Segundo as regras do Código do Imposto Municipal Sobre Imóveis, os prédios rústicos podem ser terrenos situados fora dos centros urbanos que não sejam para construção e se destinem à actividade agrícola e construções afectas à produção de rendimentos agrícolas.

O que acontece se não pagar o Imposto Municipal sobre Imóveis a tempo?

Caso se esqueça ou não consiga pagar o Imposto Municipal sobre Imóveis dentro do período previsto, poderá sofrer as seguintes consequências:

  • Extracção de uma certidão de dívida no seu nome: que dará origem a um processo de execução fiscal.
  • Pagar juros de mora: este montante será aplicado pelo atraso de liquidação das suas obrigações perante o fisco.
  • Perder o direito ao fraccionamento do valor total: obrigação de pagamento na totalidade das prestações que ainda não tenham sido pagas.
  • Entrar em situação de incumprimento: se não pagar a sua prestação de IMI no prazo de 30 dias, a contar da data da notificação, poderá ver o seu imóvel penhorado. Numa situação em que o imóvel não se destine a habitação própria permanente, poderá até ser vendido judicialmente para cobrir a dívida.

Pelos motivos acima enumerados, é mesmo importante que comece a pensar em soluções que o ajudem a reorganizar as suas finanças. Por exemplo, conseguir dinheiro extra que falta para pagar o imposto do IMI e também evitar entrar em situação de incumprimento bancário.

Ter dificuldade para fazer o pagamento do Imposto Municipal sobre Imóveis é mais comum do que imagina e nessas situações pode ser mesmo necessário recorrer a alguma ajuda externa para manter as finanças organizadas.

Uma das soluções possíveis para fazer fase a esta situação é a consolidação de créditos. Com o crédito consolidado irá conseguir reduzir as suas despesas mensais e um empréstimo de dinheiro extra que lhe falta sem grandes complicações.

Evitar perder a casa por um descuido financeiro e pagar o IMI é uma atitude importante. Saiba a seguir como a consolidação de créditos pode ajudar a conseguir dinheiro rápido para pagar o Imposto Municipal sobre Imóveis.

Crédito Consolidado

O crédito consolidado é uma solução do mercado de créditos que lhe permite juntar várias das suas prestações mensais em apenas uma, obtendo uma redução significativa das suas mensalidades que pode ir até aos 60%.

Além disso, com a consolidação de créditos é possível obter um empréstimo de liquidez extra que poderá ser utilizado para aderir a novos sonhos, projectos, ou até mesmo ajudar a pagar prestações como o IMI.

Conheça a seguir mais algumas vantagens associadas ao crédito consolidado.

Vantagens da Consolidação de Créditos

  • Escolher que créditos quer juntar num crédito consolidado: com a consolidação de créditos poderá escolher os créditos que quer juntar. Desde que sejam passíveis de consolidação.
  • Reduzir a taxa de esforço: ao aderir à consolidação de créditos, estará a juntar várias das suas prestações mensais em apenas uma. Isto fará com que o total a pagar pelas suas prestações mensais diminuía.
  • Pagar em apenas uma instituição financeira: com o crédito consolidado conseguirá juntar várias das suas prestações mensais em apenas uma, ficando a pagar em apenas 1 banco.
  • Pagar tudo numa só data: reestruture as suas finanças com o crédito consolidado e fique a pagar as suas prestações mensais numa só data, previamente definida por si.
  • Pagar tudo numa prestação mensal: ao aderir ao crédito consolidado poderá juntar várias das suas prestações mensais numa só, permitindo-lhe obter uma maior organização das suas finanças.
  • Conseguir liquidez extra para novos projectos: com a consolidação de créditos poderá obter um empréstimo de dinheiro extra e barato para concretizar novos sonhos ou projectos, ou até mesmo fazer frente a vários impostos como nomeadamente o do IMI.
  • Aumentar os seus níveis de poupança: aproveite o fôlego financeiro do crédito consolidado e comece já a poupar para eventuais necessidades. Se precisar de ajuda para controlar todas as suas despesas, descarregue gratuitamente a Folha de Cálculo e-loan.
e-loan-solucoes-financeiras-organizar-financas
Consolidação de Crédito Familiar

Exemplo da família do Pedro - que experimentou o crédito consolidado como forma de obter dinheiro extra para pagar o imposto de IMI

A família do Pedro, antes de ter conhecido a modalidade de crédito consolidado e-loan, estava a pagar 3 créditos em 3 bancos diferentes.

  • 1 de crédito automóvel: 250€.
  • 1 de crédito habitação: 400€.
  • 1 de crédito de cartão de crédito: 150€.

Ao todo a família do Pedro estava a pagar pelas 3 prestações mensais um valor total de 800€.

» A soma dos 3 créditos correspondia a: 250€ (Crédito Automóvel) + 400€ (Crédito Habitação) + 150€ (Cartão de Crédito) = 800€.

Sabendo do risco elevado de entrar em situação de incumprimento bancário, por conta da elevada taxa de esforço, mas também da incapacidade de pedirem um empréstimo para pagarem o IMI, a família do Pedro começou rapidamente à procura de uma solução.

Próximo da família, o Jorge, que já havia passado por um problema semelhante, recomendou-lhes a e-loan como uma instituição de especialistas em crédito consolidado que poderia ajudar a resolver o problema de uma forma rápida e simples.

E foi então que o Pedro e a sua família decidiram utilizar o simulador gratuito de crédito consolidado e-loan.

Depois de terem submetido o seu pedido de análise, a equipa da e-loan contactou-lhes rapidamente e referiu que a melhor forma para resolverem o seu problema passava por aderir ao crédito consolidado.

Com a consolidação de créditos, a família do Pedro conseguiria ter acesso às seguintes vantagens:

  • Redução a taxa de esforço: ao consolidar os créditos num só, estariam a reduzir o número de prestações mensais, o que resultaria consequentemente numa menor dificuldade para pagarem as suas dívidas.
  • Maior reestruturação das finanças: ao juntar várias das prestações mensais num crédito consolidado a família conseguiria obter uma maior organização das suas finanças.
  • Conseguir dinheiro extra: com a consolidação de créditos a família do Pedro iria conseguir um empréstimo liquidez extra e rápida para que pudessem assim pagar a percentagem do IMI que faltava.

Em resumo, antes a família do Pedro pagava 3 créditos:

Tipo de CréditoValor  da Mensalidade
Crédito Automóvel250€
Crédito Habitação400€
Crédito de Cartão de Crédito150€
Total do valor de Créditos Mensais800€

Depois de terem aderido ao crédito consolidado passaram a pagar apenas uma mensalidade, que os ajudou a obterem um aumento da sua poupança mensal de cerca de 480€. O que no final no ano rondaria uma poupança anula de 5760€.

Além disso, a família do Pedro com o crédito consolidado solicitou ainda algum dinheiro extra para pagar a prestação do Imposto Municipal sobre Imóveis.

Esta prestação foi então diluída com as restantes, tendo permitido à família do Pedro, a possibilidade de pagar todas as suas obrigações sem que tivessem corrido o risco de entrar em situação de incumprimento.

Faça como a família do Pedro e deixe-se já de noites mal dormidas. Simule o seu crédito consolidado gratuitamente, e comece a dar os primeiros passos na reorganização das suas finanças.

Resumo do Crédito Consolidado com liquidez extra para pagar IMI

Ou seja, se optar por aderir ao crédito consolidado com o empréstimo de liquidez extra para o Imposto Municipal para pagar o Imóvel, ficará a pagar várias das suas prestações em apenas:

  • 1 banco.
  • 1 prestação mensal.
  • Numa só data.

Logo, na prática, a consolidação de créditos poderá ser resumida ao seguinte esquema:

Crédito do banco A + Crédito do Banco B + Crédito do Banco C = Junção de créditos em apenas 1 = Crédito Consolidado

Onde pedir o crédito consolidado?

Existem várias instituições onde poderá efectuar o seu pedido de consolidação de créditos.

Para tomar a decisão mais indicada para o seu perfil deverá ter em atenção um conjunto de critérios, como nomeadamente:

  1. Conhecer as opiniões dos consumidores: este aspecto é válido para qualquer compra ou venda que efectuar. Pois antes de tudo, deverá fazer uma análise da empresa e de todos os parâmetros que se encontram a ela associados.
  2. Aumentar o seu conhecimento sobre finanças: quanto mais souber sobre o crédito consolidado, mais facilmente conseguirá responder às propostas que lhe forem apresentadas. Tenha em atenção a este parâmetro, pois ele será muito importante para efectuar um bom negócio. Se precisar conte com a ajuda do Blog “As minhas Finanças”.
  3. Atente a todos os detalhes: antes de efectuar um pedido de crédito consolidado, tenha em atenção todas as taxas que estiverem associadas ao seu pedido, como nomeadamente o SPREAD, a TAN, ou TAE, pois todas elas terão um impacto significativo naquilo que tiver que pagar ao final do mês.

Agora que já está a par de algumas dicas para tomar uma decisão mais consciente no seu pedido de crédito consolidado, conheça a seguir o simulador de consolidação de créditos e-loan disponível no final da presente página.

Mas antes, saiba que documentos é que terá que submeter para efectuar o pedido de crédito consolidado.

Que documento preciso submeter para pedir uma avaliação de crédito consolidado?

Para realizar uma simulação de consolidação de créditos e-loan deverá submeter os documentos seguintes:

Depois de preencher todas as informações, envie o pedido de contacto para a nossa equipa de especialistas em crédito consolidado.

Consolidar os meus créditos e conseguir dinheiro extra para pagar o IMI

Se está com a sua vida muito desorganizada e precisa urgentemente de dinheiro extra para pagar o Imposto Municipal sobre Imóveis, o crédito consolidado pode ser a solução certa para si.

Conheça já a seguir o nosso simulador de consolidação de créditos e-loan.

Simular um pedido de crédito consolidado

Obtenha já a resolução para os seus problemas, adira à consolidação de créditos e consiga, num abrir e fechar de olhos, resolver todos os seus problemas financeiros, sem grandes burocracias, num processo rápido e simples.

Do que está à espera? Utilize já o simulador de crédito consolidado e-loan a seguir disponível. É grátis.

E então, conseguiu tirar todas as dúvidas em relação ao Imposto Municipal sobre Imóveis? Se tiver ficado com algo por esclarecer, sinta-se à vontade para nos enviar uma mensagem.

Aproveite também para conhecer os conteúdos disponíveis no nosso Blog financeiro e comece já a tornar-se num verdadeiro especialista em soluções financeiras.

Subscreva a nossa página gratuitamente para ter acesso a conteúdos exclusivos. Do que está à espera para começar já a tomar as melhores decisões para as suas finanças? Conte connosco para ajudar.