Disponibilizamos as melhores soluções de financiamento

Quais os cuidados a ter ao escolher fazer um crédito consolidado?

O crédito consolidado é um produto abrangente , que ainda é desconhecido por muitos. Convém também reforçar com os mais cépticos que o crédito consolidado é um produto que pretende resolver as dívidas acumuladas dos seus clientes. Parece –lhe impossível? Mas não é.

 Queremos falar-lhe de todos os riscos associados na hora de fazer um crédito para que já esteja precavido com toda a informação.

#1- Será que eu sou elegível para consolidar os meus créditos?

Deve considerar em consolidar os seus créditos, se o total das suas mensalidades for muito elevado, se precisa de um crédito adicional a título de uma situação excepcional como doença divórcio ou… ou quer simplificar o método de pagamento das suas mensalidades.
Porém, há os tais riscos que dependem de várias circunstâncias :

Se tiver mais de 80 anos, se a sua situação profissional não estiver estável, se houver problemas de carácter viciante, tal como jogo ou apostas online, se os seus rendimentos não são declarados em Portugal, se tiver o nome na lista negra do Banco de Portugal ( ainda que possa haver alguns produtos para incidentes bancários mas que dependerão de uma avaliação exigente), são factores que travam o pedido de crédito.

#2-  Será uma boa altura para consolidar os meus créditos?

São inúmeras as vantagens da consolidação de créditos. Paga apenas uma taxa mais baixa a um banco, que poderá ser onde tem domiciliada a conta,  tendo apenas uma data de pagamento para o fazer. Acredite que todas estas vantagens tiram-lhe muitas dores de cabeça no final do mês, e o crédito consolidado acaba por ser um bom antidepressivo.

Há porém alguns riscos associados mas que dependem de caso para caso e que servem para acautelar e não aumentar o seu endividamento, pois muitas vezes as pessoas vêm-se com mais liberdade financeira e acabam por se descontrolar novamente com as suas finanças.

Se sentir que precisa de aumentar o prazo para reduzir o encargo mensal, tenha em conta que os juros também poderão aumentar.

#3- é possível que eu não saiba todos os créditos que tenho?

Em média um português tem 7 créditos sem saber ler , nem escrever. O cartão da loja, o da viagem, o de crédito,  o da habitação, o carro, ou vários pessoais etc .

Falamos de créditos em mora , crédito do esposo ou da esposa que andava para lá esquecido, uma conta bancária a descoberto que já não se lembrava, e aqueles inúmeros engodos que somos apanhados nos centros comerciais, que parecem ser inofensivos, mas no final pesam na carteira.

Para que não haja esse risco, aconselhamos a que verifique o seu mapa de responsabilidadesno Banco de Portugal para que não seja surpreendido na hora de consolidar os seus créditos.

#4 – Em quem devo confiar?

Hoje, são de facto muitas as instituições com promessas surpreendentes que exigem determinado número de processos incluindo pagamento por adiantado. Deverá proteger-se , até mesmo falar com a Deco, assegurando que escolhe uma entidade que proteja os seus interesses

Se achou este artigo de interesse, faça aqui a sua simulação, sem compromisso.

Veja mais artigos sobre o tema aqui: