Disponibilizamos as melhores soluções de financiamento

Poupar na refeição, sem poupar na relação.


Apesar das relações saudáveis devam ser apaparicadas numa base diária, o dia dos namorados ou São Valentim, é aquele dia que os “Romeus” saem à rua para mimar as  “Julietas”. 
Mas aqui , entre nós que ninguém nos ouve, não é preciso gastar um dinheirão, para que ela ou ele se sentirem os  “mais que tudo”.


5 CONSELHOS PRÁTICOS PARA POUPAR NA REFEIÇÃO SEM QUE A SUA RELAÇÃO FIQUE PREJUDICADA:

Happy hour

A happy hour serve para duas coisas : poupar e ser feliz. Aproveite as milhares de happy hours que surgem no dia de são Valentim para em modo de poupança fazer um dois em um – beber um copo seguido de jantar. É uma combinação vencedora, não só porque tira partido dos descontos, normalmente em locais simpáticos para levar a namorada/o e porque fica logo feliz para o resto da noite.

Utilize cupões ou ofertas especiais

Nesta altura do ano, tudo se vende em formato de voucher a dois e é fácil aproveitar vários descontos que valham a pena seja para restaurante ou hotel. A revista Time Out é uma boa referência, não só pelo conteúdo de informação para escolher o seu spot , mas também porque traz páginas de cupões também em locais muito atrativos, próprios para a noite romântica que se avizinha.

Vinho a copo

Não se esqueça que já veio de uma happy hour, e a não ser que aguente muito, tente ficar-se pelo vinho a copo, pois os restaurantes costumam carregar os preços das bebidas alcoólicas e estas são quase sempre metade da conta.

Prato do dia

O prato do dia não significa que seja mais barato que os restantes da ementa. Confirme sempre se é mesmo assim e escolha aquele que fique mais em conta.

Dividir sobremesa

Jantar romântico, não significa empanturrar-se de tudo o que vem na ementa. Não só pelo seu corpo , como pela carteira; Quase sempre é gula e depois ficamos arrependidos. Portanto divida a sobremesa que acaba por ser um gesto muito romântico!

O site descontos.pt tem várias ideias para este dia que poderá aproveitar a dois, mas sem ir para fora de pé!